post

Videogames deixam as crianças mais violentas?

Videogames deixam as crianças mais violentas?

Rosely Sayão responde a dúvida de um pai que deseja saber se há algum perigo em jogar videogames violentos acompanhado de seu filho de 5 anos. Ele joga ‘Mortal Kombat’ com o garoto e deseja saber se a exposição a este tipo de conteúdo pode estimular comportamentos violentos.

A psicóloga afirma que é muito delicado mostrar aos filhos pequenos jogos em que os personagens que praticam atos de violência se parecem com humanos. Ela explica que isso confunde a cabeça da criança, que ainda não sabe diferenciar realidade de fantasia. A situação é diferente quando os games trazem personagens completamente fantásticos e que não se aproximam visualmente de pessoas.

Rosely também aponta que existem duas visões acerca de games e desenhos violentos, defendidas por vertentes opostas de estudiosos. Uma linha de pensamento diz que quaisquer conteúdos violentos podem trazer malefícios aos pequenos. A outra afirma que consumir violência virtual acaba satisfazendo a agressividade natural que existe dentro de qualquer ser humano, inclusive das crianças.
Qual vertente está certa? Não sabemos. O conhecimento sistematizado se contradiz a todo momento, porque a cada hora novos estudos surgem’, afirma a psicóloga. “Eu pediria para vocês não permitirem os jogos que tem ligação com a aparência humana. Agora, no caso daqueles com personagens fantásticos, a escolha é da família”.
Videogames deixam as crianças mais violentas?

Sem comentários

Deixe uma resposta