post

Vem desafio por aí! Você está pronto para a volta às aulas do seu filho?

Vem desafio por aí! Você está pronto para a volta às aulas do seu filho?

A volta às aulas pode ser um grande desafio para as crianças. Isso porque elas podem encontrar várias situações surpreendentes e novas com seus professores, colegas de classe e as famosas panelinhas. “Este é um momento de separação, quando as crianças estão construindo sua própria identidade de forma mais consciente e se engajando no mundo”, explica Michelle Anthony, coautora de “Little girls can be mean: four steps to bully-proof girls in the early grades” – em português, “Garotinhas podem ser malvadas: quatro passos para meninas à prova de preconceito nas primeiras séries”.

Além disso, eles começam a ficar cientes da existência de estratos sociais: quem é o melhor em leitura ou futebol? Qual criança é a mais popular? Mas, apesar disso, eles ainda não têm as ferramentas necessárias para navegar em todas essas situações. Confira três desafios que seu filho pode enfrentar e aprenda como você pode ajudá-lo a superar isso.

Incentive novas amizades

Muitas crianças se sentem deslocadas da turma – especialmente se seus melhores amigos não estiverem por lá. Algumas terão a sorte de encontrar um novo companheiro facilmente. Mas a maioria acha a transição mais difícil e se preocupa em como manter suas antigas amizades, mesmo que seja natural que essas conexões desapareçam. Resista ao impulso de dizer: “não se preocupe. Você fará novos amigos”, pois seu filho sabe que não será tão fácil assim. Além disso, lembre-se: é importante manter velhos amigos, mas você também pode incentivar seu filho a expandir um pouco seus horizontes.
Interesses em comum

“Crianças de sete e oito anos têm opiniões definidas sobre de quem gostam e do que não gostam”, diz Michael Thompson, conselheiro da revista Parents. Expressar opiniões é uma parte importante do desenvolvimento da identidade de uma criança, mas pode levar a problemas se o seu filho acabar se sentindo excluído.

Tente incluí-lo em atividades extracurriculares que ele goste, como esportes, por exemplo. Interesses em comum é um ponto crucial para começar uma amizade e, acima de tudo, seu filho irá se divertir e se entrosar com pessoas que estão interessadas pela mesma coisa que ele, então eles terão muuuito assunto.

Deixe ele lidar com os problemas

Naturalmente, a parte mais difícil sobre as mudanças nas relações sociais das crianças nesse estágio é descobrir como lidar com problemas que às vezes surgem. Os especialistas aconselham que, na maioria das vezes, as crianças resolvam suas divergências por conta própria. “Esses tipos de situações realmente ajudam as crianças a aprender sobre a resolução de conflitos”, diz o Dr. Thompson.

Ao mesmo tempo, também é uma boa ideia ficar atenta a qualquer problema que se desenrole, para que seu filho saiba que você está sempre à disposição para oferecer ajuda quando ele precisar. Deixe seu filho falar sobre como ele se sente sobre a briga que ele teve com seus colegas, por exemplo. Uma vez que ele se acalmar, você pode falar com ele sobre a perspectiva das outras crianças, então ele saberá que há sempre os dois lados da moeda.
Pais e Filhos

Sem comentários

Deixe uma resposta