post

5 Dicas para ter um raciocínio rápido

5 Dicas para ter um raciocínio rápido

Já pensou em ter um raciocínio poderoso? Aprender conteúdos com uma velocidade incrível, através de algumas técnicas simples?

Muitas pessoas reclamam da dificuldade para raciocinar, aprender conteúdos e processar informações.

Neste artigo separei dicas para ter um raciocínio rápido e aumentar seus resultados em provas, concursos ou mesmo na faculdade.

Mas afinal, o que é raciocínio?
Raciocinar nada mais é do que formular ideias, analisar premissas, compreender conteúdos a partir da lógica. De acordo com o site significados.com.br:

Com origem no termo em latim ratiocinatio, um raciocínio também pode ser descrito como uma sequência de juízos ou argumentos usados para chegar a uma determinada conclusão.

Estamos raciocinando o tempo todo, mesmo quando não nos damos conta. O que muda é a velocidade de raciocínio. Se você está se preparando para alguma prova vai precisar de um raciocínio bem rápido para compreender as matérias.

As dicas para ter um raciocínio rápido que você vai aprender aqui visam justamente forçar o seu cérebro a trabalhar mais e melhor.

Produza mais, aprenda diversos conteúdos e não desperdice tempo. Acabe de uma vez por todas com aquela sensação de raciocínio lento, de não estar saindo no lugar nos estudos.

A importância do raciocínio mais rápido!

Se você está estudando para concursos ou para a faculdade, sabe a importância de ter um bom raciocínio.

Na hora de fazer uma prova você vai se deparar com questões dos mais variados formatos e dentro de diversas áreas de conhecimento.

E para garantir o seu sucesso, é fundamental acertar as questões, aplicando raciocínio lógico e os conhecimentos adquiridos durante os estudos. Ter um raciocínio mais rápido significa processar informações, contextos, dados e detalhes com muito mais facilidade.

Nada de ficar minutos tentando decifrar o que está sendo cobrado na prova. Observe todos os pontos, identifique o problema e resolva. Como você pode ver, ter um raciocínio mais rápido vai ajudar tanto antes quanto durante a prova.

Mas afinal de contas, que dicas são essas? Como ter um raciocínio mais rápido? É o que vou ensinar agora!

  1. Pratique sempre (e não pare)
    Um dos segredos para ter um raciocínio rápido é praticar com frequência. Isso porque o cérebro humano funciona com base na repetição. Quando fazemos algo repetidas vezes, ficamos acostumados.

Observe o gráfico abaixo. Ele é um exemplo do quanto o tempo aliado a prática é importante para alcançar a proficiência ou domínio do conteúdo.
O mesmo vale para você, pois para alcançar resultados é fundamental praticar o que você aprende. Seja para a prova ou para um concurso público.

Você já sabe da importância de esgotar todo o conteúdo. Mas de nada adianta estudar sem praticar o conteúdo, é preciso colocar em ação.

Essa é a primeira grande dica para ter um raciocínio rápido: exercite o seu conhecimento. Escreva, faça anotações, pense a respeito dos temas estudados.

Esse exercício prático é importante não apenas na vida profissional, como também na vida pessoal.

A regra é simples, você precisa se envolver. Assimilar informações não é entender, uma vez que a fixação do conhecimento depende do grau de envolvimento com o tema.

  1. Resolva questões
    A resolução de questões é uma das formas mais rápidas de turbinar o cérebro.

Essa dica é especial para você que está estudando para concursos públicos ou para provas em geral. Questões são problemas, que precisam ser encarados de forma lógica.

Ao resolver uma questão, você estará forçando o seu cérebro a trabalhar. Depois de algum tempo de prática, a resolução das questões será automática. Você vai sentir a diferença nos resultados.

Já ficou com aquela sensação de estar exausto após resolver uma bateria de questões? É absolutamente normal.

Significa que você estava usando muito o seu raciocínio, forçando a musculatura cerebral. Resolver questões é uma das melhores dicas para ter um raciocínio rápido.

Pense no seu cérebro como um grande músculo. Para exercitar partes do corpo como pernas, braços e abdômen, algumas atividades físicas são suficientes. Mas o que fazer para tornar o seu cérebro mais forte? Resolvendo questões, raciocinando e aprendendo coisas novas.

Existem inúmeros aplicativos de estudos que podem ajudar você a resolver questões de maneira fácil, principalmente se você está estudando para algum concurso público ou provas em geral.

  1. Elimine as distrações
    Um dos grandes erros cometidos por aqueles que desejam ter um raciocínio rápido é não focar nos estudos.

Durante o tempo reservado para aprender os conteúdos, evite toda e qualquer distração. O que seriam distrações? Celular, televisão, pessoas, jogos, pensamentos sem conexão com o conteúdo.
Estudos comprovam que o simples fato de ter o celular por perto atrapalha o raciocínio. Além disso, as notificações, vibração e a tentação de olhar a tela do dispositivo contribuem para a redução do raciocínio.

O ideal é estudar sem nenhuma interferência externa. Procure um ambiente agradável, confortável e sem telas luminosas. Não caia no mito do multitarefa. Nós raciocinamos melhor quando estamos realizando uma tarefa de cada vez.

Você precisa estar muito bem concentrado. Seu cérebro é limitado no quesito atenção. Por isso o foco deve ser colocado sobre a matéria de estudo, sem distrações. Sem nada que tire a sua atenção do que é realmente importante.

Isso não significa que você não pode tirar um tempo para o lazer. Muito pelo contrário, a recomendação é reservar uma parte do dia para você. Fazer exercícios, ver um filme ou conversar com os amigos são exemplos de atividades que contribuem para relaxar a mente.

Essas distrações, no entanto, devem ter a hora certa. Durante os estudos, seu único foco deve estar no aprendizado e na resolução de questões. A prática leva à memorização e a um raciocínio cada vez mais rápido.

  1. Reconheça o que está estudando
    O que você está estudando agora? Qual é o seu objetivo?

Muitas vezes as pessoas estudam sem saber exatamente o que estão estudando ou por qual motivo. Isso dificulta o processo de aprendizagem, com redução significativa da velocidade de raciocínio.

A quarta dica para ter um raciocínio rápido é analisar e reconhecer o que você está estudando. Trace um perfil, seja da prova que será realizada, seja do professor responsável pela avaliação.

Se o seu professor é partidário de uma tese, por exemplo, estude tudo sobre o assunto.

Dessa forma você não será surpreendido, estará um passo à frente. Essa vantagem competitiva é ótima para o raciocínio.

Você resolverá as questões com muito mais facilidade, pois já sabia o estilo, técnicas e competências cobradas antes mesmo de fazer a prova.

De posse das informações que você obter – banca examinadora, estilo de avaliação, método de correção, etc. – trace uma estratégia poderosa. Foque seus estudos nesses aspectos e veja o seu rendimento melhorar rapidamente.

  1. Tenha um ritmo de estudo
    Está gostando das dicas para ter um raciocínio rápido? Temos mais uma que vai ajudar nos estudos.

Mantenha um ritmo certo, uma frequência alinhada com os seus objetivos e tempo disponível para ver todo o conteúdo. Lembre-se de que não existe memorização sem repetição.
rabalhe o seu cérebro para que ele se acostume com os conteúdos estudados. Nada de quebrar o ritmo e deixar os estudos de lado.

Nesse momento é importante ter disciplina, manter o foco nos seus objetivos e não desanimar.

Ao seguir um ritmo de estudos, o seu cérebro vai funcionar mais rápido, com respostas mais assertivas. Não quebre cabeça para resolver questões, molde o seu cérebro para ter um raciocínio turbinado.

Uma boa ideia é estabelecer um cronograma de estudo, incluindo todas as matérias que você deve revisar antes da prova, seja do concurso ou do vestibular. Divida esse cronograma de forma que cada matéria tenha um tempinho.

O seu ritmo de estudo vai variar de acordo com o seu perfil, o nível de dificuldade dos conteúdos estudados e tempo. Não existe receita de bolo, crie uma rotina, experimente, faça ajustes até encontrar o melhor formato.

DICA BÔNUS
Lembra quando falei sobre reconhecer o que você está estudando? A banca organizadora é muito importante, pois cada uma delas possui um perfil diferente de avaliação, elaboração das questões e muito mais.

Antes de começar a se preparar para a prova, vale a pena dar uma conferida na banca, investigar o seu nível de dificuldade e estilo.

Saiba tudo sobre a banca, como são feitas as questões, o que estão dizendo as pessoas que já realizaram provas por ela organizadas.

Quanto mais você souber a respeito da banca, melhor para o seu raciocínio durante os estudos. Isso permitirá que você foque os estudos apenas no que é mais importante para a sua aprovação.

Concluindo…
A qualidade do raciocínio influencia em diversas esferas da vida, tanto na parte profissional quanto na parte pessoal.

Essas dicas para ter um raciocínio rápido foram pensadas justamente para você que está estudando, se preparando para alguma prova no trabalho, certificações, faculdade ou concorrendo em um concurso público.

Os processos de seleção estão cada vez mais concorridos. Ter um raciocínio poderoso é um grande diferencial, principalmente quando você tem pouco tempo para estudar.

Usando estas dicas seu raciocínio fica mais rápido, assertivo e dinâmico. Resolva problemas com muito mais praticidade e garanta o seu sucesso pessoal e profissional.

Viu só como é fácil? Mas você precisa aplicar todas elas de forma conjunta, já que todas estão conectadas entre si. Dessa forma você terá muito mais resultados.

Sem comentários

Deixe uma resposta